8 de novembro de 2009

Criticas ao mundo

Vamos lá, como está a minha vida agora?
Vejamos, um seminário de espanhol, três trabalhos de biologia, um documentário de sociologia, um relatório de geografia, provas finais chegando, eu boiando em física..
Ah, e ainda a dúvida se vou ou não vou, ou não vai dar pra ir ou sei lá o que pra Unicamp participar da Olimpiada de Historia!

E o que eu estou fazendo aqui? Ah, simples, essa coisa de blog parece uma sessão de análise!
Sem pagar psicólogo! Cara, vocês já viram o quanto um psicólogo é caro? E aqui é gratuito! Claro que num psicólogo eu falaria coisas que aqui não falo nem sob tortura (se bem que dependendo da tortura..).

E tudo isso está me estressando demais! Então nada melho que análise a 0800!

Além de tudo, quando fiz isso aqui prometi a mim mesma que faria pelo menos um post por semana. A princípio queria dar uma de escritora e escrever coisas cabeças, mas é tão chato!
Quero dizer, pra que que eu vou fazer um monte de textos com palavras difíceis se usar a linguagem do dia-a-dia é tão mais fácil?

Bem, não quero complicar as coisas, apesar de saber que sei fazer isso o tempo todo.

Ok, mas para não fazer mais um post inútil, e como eu não tenho muita idéia de contos ou algo do tipo no momento (nem tempo de elaborar..), vou escrever algo sobre o meu jeito de encarar algumas coisas do dia-a-dia, tudo bem?
Se não tiver, sinto muito, quando você ler eu já vou ter escrito mesmo, e você decide se continua a ler ou não.

Quando eu for neurocientista(sonho de consumo), eu quero ver se entendo algumas coisas como as seguintes questões:
1 - Por que estourar plástico bolha é tão prazeroso?
2 - Por que o barulhinho do velcro é tão bom?
3 - Por que o barulho de isopor irrita algumas pessoas e a outras isso é indiferente? Será que tem a ver com a genética?

Algumas críticas pessoais a coisas que as pessoas gostam:

1 . Meninas adolescentes, por que vocês amam revista Capricho? Alguém pode me explicar, pelo amor de Deus? A revista é:
- 80% propaganda de vestidos caríssimos que só caem bem em corpos magrelos. Quero dizer, além de ser magrela, você tem que ser rica para comprá-los. Vale a pena? Alguém conquistou o mundo por usar aquele vestido? Isso é falta de personalidade pra mim, sinto muito.
- 5% se referem a matérias idiotas, tipo: "Só transe com quem você ama e usando camisinha". Você precisa gastar dinheiro comprando uma revista que te diga isso? Cara, isso é senso comum!
- 5% se referem a matérias do tipo: " Conquiste aquele cara". Aí eles mandam você fazer um monte de coisas que você tá cansada de fazer, não é verdade? E que no fim das contas nunca dão certo, porque se "aquele cara" ficar a fim de você não vai ser por causa de nada que a revista disse, pode ter certeza.
- 8% falam de artistas pop do momento, pra quem você dá grana comprando CD's, DVD's, indo a shows. Aí eles compram drogas. Com o seu dinheiro. Financiam o tráfico, as Farc e as balas perdidas que matam as criancinhas inocentes das favelas.
- 2% matéria útil.

2 . Por que um cara romântico de filme ou novela tem que abrir a porta do carro? E ainda tem gente que sonha com isso! Quero dizer, com um homem que abra a porta do carro. Eu, particularmente, acho isso uma atitude muito machista. Porque, se você pensar bem, há uma mensagem subliminar que diz: "Você, por ser uma mulher, não é capaz de abrir a porta de um carro. Isso é cansativo para você. Deixa, que eu sou forte e abro, já que você é fraca." Toda população mundial vai discordar de mim, e quero ver alguém me trazer um bom argumento que me faça mudar de idéia.

3. O Rio de Janeiro está fervendo, literalmente. Lá na escola, alguém disse que um jornal afirmava que a temperatura de sensação térmica estava em torno de 46ºC. Tem noção? É quase um Saara!
Pois aí vai todo mundo pra praia. Mas qual o problema se praia combina com calor?
O lance é que não combina não. Porque vai todo mundo pra praia e a praia fica lotada. Aí aquele bando de gente, inventa de fazer suas necessidades, digamos assim, na água. E a água fica nojenta! Cheia de doenças, bactérias, sem cloro algum pra esterilizar aquilo!
Aí a pessoa vai pegar um sol. Tipo, logo agora que a camada de ozônio tá sendo corroída e os raios ultravioletas estão a todo vapor! Aí o cara fica todo queimado e à noite fica ardendo, por mais protetor solar que passe, e tem que ligar o ar condicionado, os ventiladores, a pele descasca e a criatura reclama da vida.
E por falar em protetor solar, acho que esse vai ser o tema da próxima crítica.

4 . Maioria das pessoas não usa protetor solar. Tem o pessoal que diz que não precisa porque é moreno e blá, blá, blá. Na verdade, eles são um bando de pão duros que não podem ou não querem gastar dinheiro comprando o protetor que, convenhamos, é bem caro!
Só que essas pessoas não vêem problema algum em comprarem várias latinhas de cerveja superfaturadas que são vendidas na praia!
Ou seja, não tem dinheiro para comprar protetor solar, mas têm pra encher a cara!
O pior é quando esse pessoal sai da praia dirigindo, cheio de álcool na corrente sanguínea e fazendo besteiras no trânsito!


Gostaria de escrever mais hoje, mas como disse lá no começo, tô cheia de deveres, trabalho, provas e outras coisas que estragam o ambiente escolar. Afinal, acho que todo mundo gosta da escola. Se ela não tivesse lições, trabalhos e provas, seria muito bom. Mas isso é sonho, vamos acordar, Luma!

3 comentários:

  1. Show,gostei muito do seu blog,vc fala oq pensa e adimiro isso!se não se lembrar de mim,sou o irmão da juliana,aaquele piralho que apurrinhava a vida de você,rs.

    ResponderExcluir

8 de novembro de 2009

Criticas ao mundo

Vamos lá, como está a minha vida agora?
Vejamos, um seminário de espanhol, três trabalhos de biologia, um documentário de sociologia, um relatório de geografia, provas finais chegando, eu boiando em física..
Ah, e ainda a dúvida se vou ou não vou, ou não vai dar pra ir ou sei lá o que pra Unicamp participar da Olimpiada de Historia!

E o que eu estou fazendo aqui? Ah, simples, essa coisa de blog parece uma sessão de análise!
Sem pagar psicólogo! Cara, vocês já viram o quanto um psicólogo é caro? E aqui é gratuito! Claro que num psicólogo eu falaria coisas que aqui não falo nem sob tortura (se bem que dependendo da tortura..).

E tudo isso está me estressando demais! Então nada melho que análise a 0800!

Além de tudo, quando fiz isso aqui prometi a mim mesma que faria pelo menos um post por semana. A princípio queria dar uma de escritora e escrever coisas cabeças, mas é tão chato!
Quero dizer, pra que que eu vou fazer um monte de textos com palavras difíceis se usar a linguagem do dia-a-dia é tão mais fácil?

Bem, não quero complicar as coisas, apesar de saber que sei fazer isso o tempo todo.

Ok, mas para não fazer mais um post inútil, e como eu não tenho muita idéia de contos ou algo do tipo no momento (nem tempo de elaborar..), vou escrever algo sobre o meu jeito de encarar algumas coisas do dia-a-dia, tudo bem?
Se não tiver, sinto muito, quando você ler eu já vou ter escrito mesmo, e você decide se continua a ler ou não.

Quando eu for neurocientista(sonho de consumo), eu quero ver se entendo algumas coisas como as seguintes questões:
1 - Por que estourar plástico bolha é tão prazeroso?
2 - Por que o barulhinho do velcro é tão bom?
3 - Por que o barulho de isopor irrita algumas pessoas e a outras isso é indiferente? Será que tem a ver com a genética?

Algumas críticas pessoais a coisas que as pessoas gostam:

1 . Meninas adolescentes, por que vocês amam revista Capricho? Alguém pode me explicar, pelo amor de Deus? A revista é:
- 80% propaganda de vestidos caríssimos que só caem bem em corpos magrelos. Quero dizer, além de ser magrela, você tem que ser rica para comprá-los. Vale a pena? Alguém conquistou o mundo por usar aquele vestido? Isso é falta de personalidade pra mim, sinto muito.
- 5% se referem a matérias idiotas, tipo: "Só transe com quem você ama e usando camisinha". Você precisa gastar dinheiro comprando uma revista que te diga isso? Cara, isso é senso comum!
- 5% se referem a matérias do tipo: " Conquiste aquele cara". Aí eles mandam você fazer um monte de coisas que você tá cansada de fazer, não é verdade? E que no fim das contas nunca dão certo, porque se "aquele cara" ficar a fim de você não vai ser por causa de nada que a revista disse, pode ter certeza.
- 8% falam de artistas pop do momento, pra quem você dá grana comprando CD's, DVD's, indo a shows. Aí eles compram drogas. Com o seu dinheiro. Financiam o tráfico, as Farc e as balas perdidas que matam as criancinhas inocentes das favelas.
- 2% matéria útil.

2 . Por que um cara romântico de filme ou novela tem que abrir a porta do carro? E ainda tem gente que sonha com isso! Quero dizer, com um homem que abra a porta do carro. Eu, particularmente, acho isso uma atitude muito machista. Porque, se você pensar bem, há uma mensagem subliminar que diz: "Você, por ser uma mulher, não é capaz de abrir a porta de um carro. Isso é cansativo para você. Deixa, que eu sou forte e abro, já que você é fraca." Toda população mundial vai discordar de mim, e quero ver alguém me trazer um bom argumento que me faça mudar de idéia.

3. O Rio de Janeiro está fervendo, literalmente. Lá na escola, alguém disse que um jornal afirmava que a temperatura de sensação térmica estava em torno de 46ºC. Tem noção? É quase um Saara!
Pois aí vai todo mundo pra praia. Mas qual o problema se praia combina com calor?
O lance é que não combina não. Porque vai todo mundo pra praia e a praia fica lotada. Aí aquele bando de gente, inventa de fazer suas necessidades, digamos assim, na água. E a água fica nojenta! Cheia de doenças, bactérias, sem cloro algum pra esterilizar aquilo!
Aí a pessoa vai pegar um sol. Tipo, logo agora que a camada de ozônio tá sendo corroída e os raios ultravioletas estão a todo vapor! Aí o cara fica todo queimado e à noite fica ardendo, por mais protetor solar que passe, e tem que ligar o ar condicionado, os ventiladores, a pele descasca e a criatura reclama da vida.
E por falar em protetor solar, acho que esse vai ser o tema da próxima crítica.

4 . Maioria das pessoas não usa protetor solar. Tem o pessoal que diz que não precisa porque é moreno e blá, blá, blá. Na verdade, eles são um bando de pão duros que não podem ou não querem gastar dinheiro comprando o protetor que, convenhamos, é bem caro!
Só que essas pessoas não vêem problema algum em comprarem várias latinhas de cerveja superfaturadas que são vendidas na praia!
Ou seja, não tem dinheiro para comprar protetor solar, mas têm pra encher a cara!
O pior é quando esse pessoal sai da praia dirigindo, cheio de álcool na corrente sanguínea e fazendo besteiras no trânsito!


Gostaria de escrever mais hoje, mas como disse lá no começo, tô cheia de deveres, trabalho, provas e outras coisas que estragam o ambiente escolar. Afinal, acho que todo mundo gosta da escola. Se ela não tivesse lições, trabalhos e provas, seria muito bom. Mas isso é sonho, vamos acordar, Luma!

3 comentários:

  1. Show,gostei muito do seu blog,vc fala oq pensa e adimiro isso!se não se lembrar de mim,sou o irmão da juliana,aaquele piralho que apurrinhava a vida de você,rs.

    ResponderExcluir