16 de março de 2013

EsAOM



A historia abaixo é baseada em fatos reais. Não é 100% real, mas uns 95%, sabe como é, tem que ter um apelo dramatico. E a testemunha não lembra de tudo nos mínimos detalhes. não que estivesse alcoolizada, inshalá. Apenas ela alega que estava com sono. Os nomes obviamente são fictícios.

Um grupo de 7 amigos, jovens por volta dos 20 anos, estão reunidos na varanda da casa de um deles, às 3 da manhã, após uma festa. Um dos rapazes, Juscelino,bastante alcoolizado, diz:

- Então, quando vocês estiverem perdidos, usem o EsAOM.

Marco Aurélio faz cara de confuso e fala: " EsAOM?"

- É, EsAOM. - Juscelino prossegue. - Você está perdido, daí tem que usar.

- Mas ninguém está perdido. - diz Juremilda.

- Mas quando vocês ficarem perdidos vai ser útil. - prossegue Juscelino - A primeira coisa é Estacionar. Vocês precisam parar, não ficar mais se perdendo.

Todos fazem cara de "prossiga!", que é o que Juscelino faz:

- Após Estacionar, você tem que se Alimentar. Você precisa se Alimentar para ter condições de resolver o problema. Daí, após se Alimentar, você precisa se Orientar.

Murialdo pergunta em voz baixa: - E de Estacionar. A de Alimentar. E o S?

Marco Aurélio responde: - O S é minúsculo, faz parte de Estacionar.

Murialdo: - Mas qual a importância do s de Estacionar? Qual a importância desse  s? EsAOM soa melhor que EAOM?

Marco Aurélio: - E eu que vou saber?

Juscelino então prossegue, ignorando a conversa dos amigos: - Então, agora Alimentados, vocês são pegar a sua bússola e se Orientar, ver pra onde fica o norte, e então...

Margarilde pergunta: - Peraí, o que eu vou comer para me alimentar? Eu tenho que procurar um restaurante, uma lanchonete? Porque eu não como comida na rua. Só a da minha mãe. E se tiver sido feita na hora. Ou então eu posso comprar um Doritos. Eu gosto de Doritos. Ei, eu preciso carregar um Doritos na bolsa?

Juscelino: - Na verdade, você vai estar perdida na floresta, você come o que tiver.

Margarilde, cheia de ironia: - Claro, vou comer uma frutinha maligna igual a de "A lagoa azul".

Juscelino continua: - E aí, quando você estiver perdido na floresta...

TCNEMLPTP (testemunha cujo nome é muito lindo para ter pseudonimo) : - E por que diabos eu estaria andando numa floresta?

Juscelino: Então, nessa hora vocês vão se Orientar, pegar a bússola e...

TCNEMLPTP: - E por qual motivo, razão, circunstancia, eu estaria andando sozinha na floresta? Com doritos na bolsa? Com uma bússola? Em pleno século XXI?

Juscelino: Vocês vão pegar a bússola, se orientar para o norte e então seguir, se Movimentar, pois assim não andarão em círculos.

Elvira, a caçula e mais ingênua do grupo, com cara de quem descobriu a cura da AIDS: - Ah, agora eu entendi! EsAOM é uma sigla, certo?









2 comentários:

  1. kkkk ri demais. Mas Luma acredite se quiser, ainda existem pessoas que carregam uma bússola na mochila em pleno século XXI!

    ResponderExcluir
  2. https://www.youtube.com/watch?v=5L7HeUJcrZk Vi esse vídeo e lembrei na hora desse seu post engraçadíssimo!
    Abraço,
    Juscelino.

    ResponderExcluir

16 de março de 2013

EsAOM



A historia abaixo é baseada em fatos reais. Não é 100% real, mas uns 95%, sabe como é, tem que ter um apelo dramatico. E a testemunha não lembra de tudo nos mínimos detalhes. não que estivesse alcoolizada, inshalá. Apenas ela alega que estava com sono. Os nomes obviamente são fictícios.

Um grupo de 7 amigos, jovens por volta dos 20 anos, estão reunidos na varanda da casa de um deles, às 3 da manhã, após uma festa. Um dos rapazes, Juscelino,bastante alcoolizado, diz:

- Então, quando vocês estiverem perdidos, usem o EsAOM.

Marco Aurélio faz cara de confuso e fala: " EsAOM?"

- É, EsAOM. - Juscelino prossegue. - Você está perdido, daí tem que usar.

- Mas ninguém está perdido. - diz Juremilda.

- Mas quando vocês ficarem perdidos vai ser útil. - prossegue Juscelino - A primeira coisa é Estacionar. Vocês precisam parar, não ficar mais se perdendo.

Todos fazem cara de "prossiga!", que é o que Juscelino faz:

- Após Estacionar, você tem que se Alimentar. Você precisa se Alimentar para ter condições de resolver o problema. Daí, após se Alimentar, você precisa se Orientar.

Murialdo pergunta em voz baixa: - E de Estacionar. A de Alimentar. E o S?

Marco Aurélio responde: - O S é minúsculo, faz parte de Estacionar.

Murialdo: - Mas qual a importância do s de Estacionar? Qual a importância desse  s? EsAOM soa melhor que EAOM?

Marco Aurélio: - E eu que vou saber?

Juscelino então prossegue, ignorando a conversa dos amigos: - Então, agora Alimentados, vocês são pegar a sua bússola e se Orientar, ver pra onde fica o norte, e então...

Margarilde pergunta: - Peraí, o que eu vou comer para me alimentar? Eu tenho que procurar um restaurante, uma lanchonete? Porque eu não como comida na rua. Só a da minha mãe. E se tiver sido feita na hora. Ou então eu posso comprar um Doritos. Eu gosto de Doritos. Ei, eu preciso carregar um Doritos na bolsa?

Juscelino: - Na verdade, você vai estar perdida na floresta, você come o que tiver.

Margarilde, cheia de ironia: - Claro, vou comer uma frutinha maligna igual a de "A lagoa azul".

Juscelino continua: - E aí, quando você estiver perdido na floresta...

TCNEMLPTP (testemunha cujo nome é muito lindo para ter pseudonimo) : - E por que diabos eu estaria andando numa floresta?

Juscelino: Então, nessa hora vocês vão se Orientar, pegar a bússola e...

TCNEMLPTP: - E por qual motivo, razão, circunstancia, eu estaria andando sozinha na floresta? Com doritos na bolsa? Com uma bússola? Em pleno século XXI?

Juscelino: Vocês vão pegar a bússola, se orientar para o norte e então seguir, se Movimentar, pois assim não andarão em círculos.

Elvira, a caçula e mais ingênua do grupo, com cara de quem descobriu a cura da AIDS: - Ah, agora eu entendi! EsAOM é uma sigla, certo?









2 comentários:

  1. kkkk ri demais. Mas Luma acredite se quiser, ainda existem pessoas que carregam uma bússola na mochila em pleno século XXI!

    ResponderExcluir
  2. https://www.youtube.com/watch?v=5L7HeUJcrZk Vi esse vídeo e lembrei na hora desse seu post engraçadíssimo!
    Abraço,
    Juscelino.

    ResponderExcluir