21 de fevereiro de 2010

Apresento-lhes o meu Deus

Hoje quero contar pra vocês sobre quem ilumina a minha vida. Sim, é Ele quem me escuta todas as noites agradecer tudo o que acontece e pedindo explicações do mundo. É Ele quem traça o meu caminho e me dá forças para superar as coisas ruins e saber dar valor às coisas boas. Claro que eu estou falando do "cara", o meu Deus.

Porque o Deus em que acredito é tudo. É essa força maior de quem eu tanto falo. É a Ele quem eu entreguei a minha vida. E para isso eu não preciso me batizar em alguma religião ou frequentar alguma Igreja. O meu Deus é o meu melhor amigo. Ele nunca, nunca me deixa só.

Senti a necessidade de vir aqui contar melhor sobre a minha admiração por esse ser tão superior que está vigiando a gente o tempo todo, e intervindo quando necessário. Para quem não sabe, eu não tenho religião. E vou explicar porque, antes que alguém comece a me julgar.

O meu Deus não vai mandar um filho seu pra arder no inferno durante toda a eternidade porque não vai a culto/missa todos os domingos. O meu Deus não vai mandar nenhum filho seu para o inferno porque ele é gay, transou antes do casamento ou então pediu o divórcio. O meu Deus não vai mandar ninguém passar o pão que o diabo amassou porque usou camisinha ou tomou anticoncepcional.
O meu Deus não se preocupa com coisas bobas assim.

O meu Deus é um cara super amoroso, generoso que ama a todos os seus filhos. Meu Deus está preocupado em fazer com que as pessoas se amem e confiem mais umas nas outras. Ele é pai, gente. Ele é pai de todos nós. Ou é mãe. Porque o Meu Deus não tem essa coisa de ser homem ou mulher. Ele é apenas esse espírito grande e maravilhoso e que tá tomando conta da gente quando estamos tristes.

Sabe, o meu Deus não liga que a gente seja vaidoso. Ele só não quer que a gente se esqueça dos nossos sentimentos por causa disso. O meu Deus não fica falando: "Não assista a esse filme, ele é do diabo!"
Cara, o meu Deus NÃO É ASSIM!

Ele é muito legal. Quando nós conversamos, praticamente toda hora, eu vira e mexe chamo ele de "você" e não tenho frescuras com nada. Eu converso com ele como se ele fosse um cara da minha idade. E talvez ele seja. Também. Ah, porque o meu Deus é um cara, tão, mas tão demais, que está sempre como eu preciso que Ele esteja. Tem dias que percebo Ele mais velho, outras mais jovem. Às vezes percebo que Ele quer chamar a minha atenção porque eu preciso mudar um pouquinho como vejo as pessoas. Outras, ele parece estar bem orgulhoso de mim.

Ele me manda sinais, se comunica MUITO comigo, me ajuda quando eu preciso, me dá tudo o que eu preciso. Nunca reclamei de ser abandonada por Ele. Porque ele nunca me abandonou nem nunca vai me abandonar. Esqueceram que ele é meu pai, gente? E pô, que paizão que ele é.
Ah, porque para o meu Deus, eu não posso ter segredos, né? Nós conversamos sobre absolutamente TUDO. E Ele me compreende bem pra caramba.

E é claro que eu tenho um monte de perguntas que eu faço toda hora pra ele. Algumas ele me responde, outras não. Bem, tem uma que até hoje ele não me respondeu, sabe? Mas eu acho que é porque eu não devo estar preparada pra saber, sei lá. Eu queria saber porque meu irmão Jesus teve que morrer daquele jeito. Poxa, precisava mesmo? Tem igreja que diz que foi pra salvar a gente. Ué, então se não tivessem crucificado meu irmão mais velho, a gente estaria perdido? Não tenho a menor idéia da resposta. Não acho que foi pra gente comer chocolate na Páscoa e peixe na Semana Santa. Bem, mas eu confio tanto no meu paizão, meu Super-pai Deus, que eu nem ligo. Ele sabia o que tava fazendo. Qualquer dia ele me conta.

Ah, e antes que vocês me perguntem qual o meu problema com religiões, eu falo logo. A família de papai é toda super católica. A de mamãe nem religião tem. Fui criada na católica, batizada na católica, fiz 1ª comunhão. E olha, eu não saí da Igreja Católica por causa se santos, como muita gente não. Eu até acho os santos uma coisa legal. Acho que eles são pessoas que viveram para o bem, e que, depois que morreram, seus espíritos bondosos foram trabalhar com meu Deus e Jesus, meu irmão.
Eu só não entendo as coisas das "regras" que as religiões querem impor. Por que o padre só pode ser homem? E por que ele nem pode casar? E por que papa e cardeal só pode ser homem? Isso é tão machista! E o meu Deus não é machista, não! Sério, papai do céu não vai mandar seus filhos pra arder eternamente no inferno, não! Nem vai fazer um dia em que o mundo acabe e metade de nós vá para o inferno e outra pro céu. Aloow! Vocês já viram um pai bom e amoroso condenar seus filhos a um sofrimento pra sempre? Claro que não! Ele nos ama, ok?

Uma vez eu fui na Igreja Batista com a Vanessa, que era a minha melhor amiga na época, eu devia ter uns treze anos. Aí a pastora disse que Deus não gostava que a gente comesse doce de São Cosme e São Damião. Qual é, Deus deve achar super legal as pessoas fazerem uma festa onde as crianças comem doce e se divertem! Por que, qual o pai que não gosta de ver seus filhos felizes da vida enquanto chupam bala? Por que as pessoas precisam complica ro mundo e enfeitar simples fatos e tradições com idéias más?

Eu também nem acredito em diabo. Isso é tudo invenção da sociedade. A maldade está dentro dos homens e mulheres que não querem amar uns aos outros e que acham que estão no controle do mundo. Acho que eles se esqueceram que o presidente da empresa Terra é meu Papai do céu. Se existisse diabo, Deus já teria dado um jeito nisso. O que existe por aí são espíritos que ainda não encontraram o caminho maravilhoso do amor ao próximo e ficam querendo chamar a atenção fazendo maldades, que nem crianças mimadas.

Ah, o meu Deus não se preocupa com qual a sua religião, sua cor, sua classe social, sua cultura, opção sexual, estado civil. Sério mesmo. Ele quer ser um Paizão pra todos nós.

E, se você de vez em quando se sente sozinho, triste e sente que precisa conversar com alguém que te compreenda e não sai falando da sua vida para meio mundo, pode conversar com ele. Ele é show. Vai te ouvir, te consolar. Entrega sua vida a ele. Você não vai conseguir salvação eterna, isso todos nós temos porque meu Deus protege a gente. Você vai se sentir mais leve. É fazer um super hiper mega ultra amigo de todas as horas. Ele vai amar saber que você gosta dele. Sérião. Afinal, ele é nosso Pai.

Bem, e esse é meu Deus. Abra seu coração e deixe ele ser seu Deus também. Ele vai se amarrar!

beeijos

Veja também: é só uma questão de fé

P.S.:  MEU  SENHOR É MEU PASTOR, E ELE NUNCA ME FALTA =D

4 comentários:

  1. Concordo com várias coisas Luma... tá lindo o post.

    te recomendo um livro, tem andado muito por aí, mas é realmente bom. "A Cabana" não sei se já leu, mas trata desse Deus verdadeiro que eu, vc e muita gente boa ainda acredita... Deus de amor né :D

    beeeiijao

    ResponderExcluir
  2. gostei do post amiga! você sabe que as nossas idéias divergem um pouco em relação á isso, mas eu gostei mesmo :D
    obs.: eu quero 'a cabana' emprestaaaado! :*

    ResponderExcluir
  3. Para saberes o que quer DEUS, leia o livro UMA VIDA COM PROPÓSITOS de Rick Warren.
    Depois comenta sobre ele com teus leitores.
    Que o Verdadeiro DEUS, Pai eterno, imutável, e que se revelou a nós(humanidade) através dos tempos, pela Bíblia(leia no Novo Testamento, o 1º capítulo do livro aos Romanos entre o verso 16 e 32) e por último por Seu Filho UNIGÊNITO(Único do mesmo gênero), Jesus o Cristo, CONCEDA ENTENDIMENTO DA SUA VERDADE À VOCÊ.
    qUE deus TE ABENÇOE!

    ResponderExcluir

21 de fevereiro de 2010

Apresento-lhes o meu Deus

Hoje quero contar pra vocês sobre quem ilumina a minha vida. Sim, é Ele quem me escuta todas as noites agradecer tudo o que acontece e pedindo explicações do mundo. É Ele quem traça o meu caminho e me dá forças para superar as coisas ruins e saber dar valor às coisas boas. Claro que eu estou falando do "cara", o meu Deus.

Porque o Deus em que acredito é tudo. É essa força maior de quem eu tanto falo. É a Ele quem eu entreguei a minha vida. E para isso eu não preciso me batizar em alguma religião ou frequentar alguma Igreja. O meu Deus é o meu melhor amigo. Ele nunca, nunca me deixa só.

Senti a necessidade de vir aqui contar melhor sobre a minha admiração por esse ser tão superior que está vigiando a gente o tempo todo, e intervindo quando necessário. Para quem não sabe, eu não tenho religião. E vou explicar porque, antes que alguém comece a me julgar.

O meu Deus não vai mandar um filho seu pra arder no inferno durante toda a eternidade porque não vai a culto/missa todos os domingos. O meu Deus não vai mandar nenhum filho seu para o inferno porque ele é gay, transou antes do casamento ou então pediu o divórcio. O meu Deus não vai mandar ninguém passar o pão que o diabo amassou porque usou camisinha ou tomou anticoncepcional.
O meu Deus não se preocupa com coisas bobas assim.

O meu Deus é um cara super amoroso, generoso que ama a todos os seus filhos. Meu Deus está preocupado em fazer com que as pessoas se amem e confiem mais umas nas outras. Ele é pai, gente. Ele é pai de todos nós. Ou é mãe. Porque o Meu Deus não tem essa coisa de ser homem ou mulher. Ele é apenas esse espírito grande e maravilhoso e que tá tomando conta da gente quando estamos tristes.

Sabe, o meu Deus não liga que a gente seja vaidoso. Ele só não quer que a gente se esqueça dos nossos sentimentos por causa disso. O meu Deus não fica falando: "Não assista a esse filme, ele é do diabo!"
Cara, o meu Deus NÃO É ASSIM!

Ele é muito legal. Quando nós conversamos, praticamente toda hora, eu vira e mexe chamo ele de "você" e não tenho frescuras com nada. Eu converso com ele como se ele fosse um cara da minha idade. E talvez ele seja. Também. Ah, porque o meu Deus é um cara, tão, mas tão demais, que está sempre como eu preciso que Ele esteja. Tem dias que percebo Ele mais velho, outras mais jovem. Às vezes percebo que Ele quer chamar a minha atenção porque eu preciso mudar um pouquinho como vejo as pessoas. Outras, ele parece estar bem orgulhoso de mim.

Ele me manda sinais, se comunica MUITO comigo, me ajuda quando eu preciso, me dá tudo o que eu preciso. Nunca reclamei de ser abandonada por Ele. Porque ele nunca me abandonou nem nunca vai me abandonar. Esqueceram que ele é meu pai, gente? E pô, que paizão que ele é.
Ah, porque para o meu Deus, eu não posso ter segredos, né? Nós conversamos sobre absolutamente TUDO. E Ele me compreende bem pra caramba.

E é claro que eu tenho um monte de perguntas que eu faço toda hora pra ele. Algumas ele me responde, outras não. Bem, tem uma que até hoje ele não me respondeu, sabe? Mas eu acho que é porque eu não devo estar preparada pra saber, sei lá. Eu queria saber porque meu irmão Jesus teve que morrer daquele jeito. Poxa, precisava mesmo? Tem igreja que diz que foi pra salvar a gente. Ué, então se não tivessem crucificado meu irmão mais velho, a gente estaria perdido? Não tenho a menor idéia da resposta. Não acho que foi pra gente comer chocolate na Páscoa e peixe na Semana Santa. Bem, mas eu confio tanto no meu paizão, meu Super-pai Deus, que eu nem ligo. Ele sabia o que tava fazendo. Qualquer dia ele me conta.

Ah, e antes que vocês me perguntem qual o meu problema com religiões, eu falo logo. A família de papai é toda super católica. A de mamãe nem religião tem. Fui criada na católica, batizada na católica, fiz 1ª comunhão. E olha, eu não saí da Igreja Católica por causa se santos, como muita gente não. Eu até acho os santos uma coisa legal. Acho que eles são pessoas que viveram para o bem, e que, depois que morreram, seus espíritos bondosos foram trabalhar com meu Deus e Jesus, meu irmão.
Eu só não entendo as coisas das "regras" que as religiões querem impor. Por que o padre só pode ser homem? E por que ele nem pode casar? E por que papa e cardeal só pode ser homem? Isso é tão machista! E o meu Deus não é machista, não! Sério, papai do céu não vai mandar seus filhos pra arder eternamente no inferno, não! Nem vai fazer um dia em que o mundo acabe e metade de nós vá para o inferno e outra pro céu. Aloow! Vocês já viram um pai bom e amoroso condenar seus filhos a um sofrimento pra sempre? Claro que não! Ele nos ama, ok?

Uma vez eu fui na Igreja Batista com a Vanessa, que era a minha melhor amiga na época, eu devia ter uns treze anos. Aí a pastora disse que Deus não gostava que a gente comesse doce de São Cosme e São Damião. Qual é, Deus deve achar super legal as pessoas fazerem uma festa onde as crianças comem doce e se divertem! Por que, qual o pai que não gosta de ver seus filhos felizes da vida enquanto chupam bala? Por que as pessoas precisam complica ro mundo e enfeitar simples fatos e tradições com idéias más?

Eu também nem acredito em diabo. Isso é tudo invenção da sociedade. A maldade está dentro dos homens e mulheres que não querem amar uns aos outros e que acham que estão no controle do mundo. Acho que eles se esqueceram que o presidente da empresa Terra é meu Papai do céu. Se existisse diabo, Deus já teria dado um jeito nisso. O que existe por aí são espíritos que ainda não encontraram o caminho maravilhoso do amor ao próximo e ficam querendo chamar a atenção fazendo maldades, que nem crianças mimadas.

Ah, o meu Deus não se preocupa com qual a sua religião, sua cor, sua classe social, sua cultura, opção sexual, estado civil. Sério mesmo. Ele quer ser um Paizão pra todos nós.

E, se você de vez em quando se sente sozinho, triste e sente que precisa conversar com alguém que te compreenda e não sai falando da sua vida para meio mundo, pode conversar com ele. Ele é show. Vai te ouvir, te consolar. Entrega sua vida a ele. Você não vai conseguir salvação eterna, isso todos nós temos porque meu Deus protege a gente. Você vai se sentir mais leve. É fazer um super hiper mega ultra amigo de todas as horas. Ele vai amar saber que você gosta dele. Sérião. Afinal, ele é nosso Pai.

Bem, e esse é meu Deus. Abra seu coração e deixe ele ser seu Deus também. Ele vai se amarrar!

beeijos

Veja também: é só uma questão de fé

P.S.:  MEU  SENHOR É MEU PASTOR, E ELE NUNCA ME FALTA =D

4 comentários:

  1. Concordo com várias coisas Luma... tá lindo o post.

    te recomendo um livro, tem andado muito por aí, mas é realmente bom. "A Cabana" não sei se já leu, mas trata desse Deus verdadeiro que eu, vc e muita gente boa ainda acredita... Deus de amor né :D

    beeeiijao

    ResponderExcluir
  2. gostei do post amiga! você sabe que as nossas idéias divergem um pouco em relação á isso, mas eu gostei mesmo :D
    obs.: eu quero 'a cabana' emprestaaaado! :*

    ResponderExcluir
  3. Para saberes o que quer DEUS, leia o livro UMA VIDA COM PROPÓSITOS de Rick Warren.
    Depois comenta sobre ele com teus leitores.
    Que o Verdadeiro DEUS, Pai eterno, imutável, e que se revelou a nós(humanidade) através dos tempos, pela Bíblia(leia no Novo Testamento, o 1º capítulo do livro aos Romanos entre o verso 16 e 32) e por último por Seu Filho UNIGÊNITO(Único do mesmo gênero), Jesus o Cristo, CONCEDA ENTENDIMENTO DA SUA VERDADE À VOCÊ.
    qUE deus TE ABENÇOE!

    ResponderExcluir